Sexta-feira, 7 de Março de 2008
Separados à nascença?


Entre outras críticas ao Governo e à oposição, José Pedro Aguiar-Branco assinala nesta edição da Atlântico nas bancas um traço que parece ser comum a José Sócrates e a Luís Filipe Menezes: a tendência para a teoria da conspiração e para verem os adversários políticos como inimigos a abater. Sócrates e Menezes são, de facto, produtos de um mesmo tipo de escola política e poderiam ter sido companheiros na JSD. Não deixa de ser curioso que enquanto o primeiro-ministro se tenta colar à imagem austera de Cavaco Silva, Menezes procure imitar comportamentos de Sócrates. Quem fica a ganhar na comparação é sempre o produto original e nunca a imitação.

publicado por Paulo Pinto Mascarenhas
link do poste | comentar
Categorias:

pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO