Quarta-feira, 2 de Abril de 2008
JPC no Expresso



INFERNO


COMITÉ OLÍMPICO INTERNACIONAL


A hipocrisia é o meu vício preferido. Basta olhar para o "caso chinês", a poucos meses dos Jogos Olímpicos de Pequim: do presidente do Parlamento Europeu ao ministro dos Negócios Estrangeiros francês, sem esquecer a sra. Nancy Pelosi em visita ao Dalai Lama, não faltam por aí almas beneméritas que tencionam boicotar o circo ou, no mínimo, não pôr os pés na cerimónia de abertura. Coisa bizarra. Primeiro, porque ninguém está seriamente interessado em arranjar sarilhos com Pequim, um parceiro comercial considerável. E, depois, porque as patifarias do regime não começaram bruscamente na semana passada. A China é uma ditadura há seis décadas. A ocupação do Tibete já dura há meio século. E se o problema é o Darfur, ou seja, a venda de armas do regime chinês a Cartum e o bloqueio permanente nas Nações Unidas que impede qualquer sanção contumaz sobre o Sudão, o cenário também não começou ao pequeno-almoço: desde a década de 90 do século passado que a China, a troco de petróleo, fecha os olhos às matanças africanas. Sem falar do resto: os milhões de seres humanos que Pequim enfiou em "campos de trabalho". E, já agora, os milhares que fuzila todos os anos por "delito de opinião", esse crime admirável que, pelos vistos, nunca tirou o sono aos humanistas.


 

Ler mais aqui.



publicado por Paulo Pinto Mascarenhas
link do poste | comentar

Comentários:
De sim a 2 de Abril de 2008 às 10:39
http://coisasespantosas.blogspot.com/2008/04/ele-h-coisas-boais.html

já andam a difamar o henrique raposo



Comentar post

pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO