Terça-feira, 29 de Abril de 2008
A ler (2)
João Cândido da Silva, no Jornal de Negócios:

Escarafunchar um pouco por entre as tabelas que integram o documento elaborado pelos economistas de Bruxelas, permite detectar o pequeno detalhe de se prever, para 2009, que a economia nacional venha a crescer ligeiramente acima da média da Zona Euro. Foi o que o primeiro-ministro descobriu, como seria de esperar da parte de quem considera que um bom político é um profissional do optimismo. O problema é que o consolo é demasiado curto para quem prometeu muito mais e a persistência de José Sócrates em ignorar a realidade acarreta o risco de lhe comprometer a credibilidade numa altura pouco recomendável.

publicado por Paulo Pinto Mascarenhas
link do poste | comentar

pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO