Sábado, 10 de Maio de 2008
O Cunha Vaz da Dra Ferreira Leite

Pacheco Pereira no Público de hoje, esclarece: a Dra Ferreira Leite tem programa: é o grande plano do seu rosto.

Num assomo de originalidade, sem paralelo na história da democracia, as mensagens políticas vêm encriptadas em rugas e demais pormenores faciais.

O cidadão olha para todos aqueles sinais e o que vê? Pois claro, a verdade.

Mas não é só a verdade que se consegue descortinar no tal epidérmico programa. Sobressai também o exemplo. Não se fica a saber qual, mas também debaixo de tanta mensagem subliminar isso parece ser o que menos importa.

Os outros candidatos, menos sofisticados, bem entendido, dizem vacuidades e pensam programas entre tremoços e imperiais enquanto lêem o jornal. Enfim, uns idiotas.

Pacheco Pereira está transformado numa espécie de clone de Cunha Vaz: um gosta de penteados e gravatas o outro de rugas e estrias. O método é o mesmo, o maquilhador é que é diferente.

De facto, o Weber tem razão: a maioria das coisas que nós pretendemos tem o resultado contrário do desejado na acção. É bem o caso deste artigo (sem link) de propaganda eleitoral.

 



publicado por Pedro Marques Lopes
link do poste | comentar

Comentários:
De foreman a 10 de Maio de 2008 às 13:13
Que vergonha de comentário! O texto do Pacheco Pereira faz doer não faz? Diz verdades como punhos contra a superficialidade do Passos Coelho e isso leva a estes comentários ressabiados.


De Pedro Marques Lopes a 10 de Maio de 2008 às 16:46
Foreman? é de génio, tenho de admitir


De Anónimo a 10 de Maio de 2008 às 15:49
Há (pelo menos) uma ligeira diferença entre Cunha Vaz e Pacheco Pereira que é natural que Pedro Marques Lopes, partidário assumido do plástico de Passos Coelho, não vê: é que o produto anunciado por Pacheco Pereira é bom e corresponde exactamente ao que se vê.



De cadeiradopoder a 10 de Maio de 2008 às 17:05
Quem quiser que fique com a Manuela Ferreira Leite. Eu é que não ia nessa conversa.


De Luís Fonseca a 10 de Maio de 2008 às 17:42
Temos que acabar com o nosso eterno sebastianismo. Tudo têm o seu tempo, e a Drª Manuela Ferreira Leite já teve o seu; as rugas são sintomáticas.


De Luís Fonseca a 10 de Maio de 2008 às 18:07
Mas compreendo o Dr. Pacheco Pereira. O PSD depois de tanta vacuidade precisa de autenticidade rugosa!
Será?!
Ou será que na sua essência e heterogeniedade o Partido é o retrato sociológico do País, e está à espera de um líder que não demonstre emoções e dê mostra de que nunca se engana.A exemplo da liderança de Cavaco.
O mal do PSD é que nunca ultrapassou o seu complexo de Édipo(morte de Sá Carneiro) e está sempre á espera do pai(agora da mãe) que se ausentou.


De Neves a 10 de Maio de 2008 às 21:53
Fiquei esclarecido: as expressões faciais e as rugas são atributos políticos. Pensando nos Estados Unidos, também há quem pense que a cor da pele ou o género são atributos políticos.


De anonimo a 10 de Maio de 2008 às 22:21
A Dr.ª Manuela Ferreira Leite est à fora do prazo de validade, expirou à uns aninhos.....


De José a 11 de Maio de 2008 às 02:08
José Santos
O PML não pára de usar este blog para fazer propaganda na vã esperança de que caso o seu candidato ganhe lhe arranje um tachinho que lhe encha os bolsos. Eu não discuto as supostas qualidades do dr. Passos Coelho, pois não existem. Dizem que a Drª Manuela Ferreira Leite é igual ao sr. Sócrates, não vejo como. Formou-se numa faculdade séria, foi a melhor do seu ano, alcançou múltiplos lugares de prestígio fora do partido pelos seus méritos pessoais e candidata-se agora à liderança do PSD para servir e não para se servir, que já não precisa daquilo para nada. O Passos Coelho é, ao contrário igual ao Sócrates, tudo o que tem o deve ao partido, não tem qualquer mérito académico ou profissional, é uma vergonha.
PML, convença-se duma vez, os portugueses querem seriedade. Repito, seriedade. E já agora, honestidade. Passos Coelho não tem nem uma nem outra. Acalme-se um bocadinho e poupe os leitores deste blog à sua propaganda mal criada e ressabiada.


De Pedro Marques Lopes a 11 de Maio de 2008 às 16:19
Sabe, José Santos,há pessoas que não pensam tudo em função do recheio dos bolsos. Por incrível que lhe possa parecer há gente que acredita em algumas coisas e exprime opiniões em função dessas convicções. Acredite ou não (pessoalmente, estou-me nas tintas se você acredita ou não, para lhe ser franco) eu sou uma dessas pessoas.
Dizer que alguém não tem qualidades nenhumas, é para si boa educação? E dizer que alguém não é sério, é também boa educação?
E eu, quero é encher os bolsos, não é ? Sim senhor, você é um homem de grande nível.
Basta ler o seu texto para ver quem é o ressabiado.
Tenha juízo.




De QWERTY a 11 de Maio de 2008 às 12:38
Tenho a impressão que você não percebeu nada do que leu.


De José Manuel Faria a 11 de Maio de 2008 às 14:02
MFL, é a melhor candidata do PSD. PPC é um bluff, Sócrates dá 10 a 0 ao "jovem"!


Comentar post

pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO