Sexta-feira, 27 de Junho de 2008
Da hipocrisia (sem humor)
 
Não é preciso ser um profundo conhecedor do submundo da droga, basta ter vivido... por exemplo nas Pedralvas, ali a Benfica, para saber que os recordes de apreensões de haxixe não são coincidência. As policias fazem um brilharete, os traficantes sacrificam o produto barato e ninguém nota a diminuição nas apreensões de cocaína e heroína. E assim garante, quem aproveita, que não havendo o barato e moderado haxixe, os putos o troquem (ou comecem a consumir) as drogas que garantirão cliente por mais tempo e mais dinheiro. Uma aposta na fidelização e rentabilização do negócio.
 
Os fardos de haxixe podem ficar muito bonitos nos telejornais, mas acreditem que por cada fardo, há mais uns quantos jovens que deixam de consumir haxixe para passar a consumir coca. As policias e o IDT sabem-no, mas a hipocrisia mediática fala mais alto. É que quando uma droga como o haxixe se torna mais barata do que o tabaco, deixa de ter interesse. Para todos...
 
_________________

Arcebispo de Cantuária



publicado por joao moreira de sá
link do poste

De JPG a 27 de Junho de 2008 às 11:33
«As policias e o IDT sabem-no, mas a hipocrisia mediática fala mais alto.»

Perdão? As polícias e o IDT sabem-no e a hipocrisia é dos "media"? Ah, então não é do IDT e das polícias?

Boa!


De joao moreira de sá a 27 de Junho de 2008 às 12:59
Eu referia-me a hipocrisia mediática da parte das instituições, não dos media. A hipocrisia mediática é fingir que se está a "apanhar" mais droga quando em termos de "saúde publica", a quantos quilos de heroína corresponderá uma tonelada de haxixe?

A hipocrisia não a ponho do lado dos media. Estes, quanto muito, poderiam investigas o que está por trás de tanta apreensão de haxixe e a "eventual" relação com o aumento do consumo de coca em Portugal.


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Email

Password


Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO