Terça-feira, 30 de Dezembro de 2008
Ler

Enquanto o Ministro dos Negócios Estrangeiros português se coloca numa posição equidistante entre o Hamas e Israel e o Bloco de Esquerda opta por uma posição claramente pró-Hamas, os palestinianos da Fatah colocam-se do lado de Israel.

 

João Miranda, no Blasfémias.



publicado por Paulo Pinto Mascarenhas
link do poste

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Email

Password


Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO