Sábado, 3 de Janeiro de 2009
assim como assim

Há uma velha história soviética de uma orquestra sem maestro. Abolir as hierarquias e tal. A experiência não deve ter resultado muito bem porque não fez escola. O maestro é necessário. O Paulo tem sido desde o início o maestro do blog. Não é daqueles maestros autoritários e que se fazem notar mais que os músicos. É um maestro que potencia a qualidade dos elementos que compõem este blog. O mais notável é que o faz com discrição, o que pode levar a crer que não é indispensável. É uma liderança invisível mas a sua ausência seria penosamente visível. Por este motivo cesso a minha colaboração no blog. Foram dois anos de colaboração intermitente mas que me deram muito gozo. A minha participação deve-se ao Henrique e ao Paulo. Agradeço aos leitores do blog. Agradeço à minha mãe que teve a bondade de nunca ler o que eu escrevi. Vou continuar a escrever aqui: o circo da lama.



publicado por Bruno Vieira Amaral
link do poste

De Carlos ou Julio a 3 de Janeiro de 2009 às 18:33
Moro em São Paulo e conheci o Blogue Atlântico por indicação do blog de Reinaldo Azevedo no ano de 2007, quando a revista ainda era viva.
Desde então visito-o diariamente e até, de vez em quando, faço algum comentário.

Interessante é que, apesar de não conhecer pessoalmente nenhum dos atlânticos, sempre percebi que Paulo Pinto Mascarenhas era a alma do blog, seu indispensável fator de equilíbrio.

Queira Deus eu esteja enganado, mas acho que o Atlântico não sobreviverá sem o Paulo. Sentirei falta de ambos.






Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO