Sábado, 3 de Janeiro de 2009
Arcebispada final
Paulo,

Penso que, uma vez feitas todas as despedidas, caber-te-á fechar a porta.
Não fúnebre, só elogio.
Nem necessariamente famous, apenas last words.
Antes que isto se torne num chain-post de adeuses.
Se acaba, que tenha um ponto final.
Este é o meu.
A todos os que não quero ofender chamando colegas, mas parceiros de escritas sem dúvida, foi um prazer e uma honra.
Aos leitores, visitantes desta casa digo apenas que eu também era.
Aos que além das pessoas dignas e sérias que aqui escrevem se davam ao trabalho de me ler também, têm a minha paróquia à disposição.

publicado por joao moreira de sá
link do poste | comentar

Comentários:
De JPG a 4 de Janeiro de 2009 às 15:25
Esta é realmente inédita, digo eu. Então agora, lá porque "nosso" PPM resolve mudar de vida, desata toda a gente a virtualmente cometer seppuku ? Um fulano vai-se a seus negócios e por via disso é só baba e ranho e gente a choramingar pelos cantos? Anda tudo aqui dando punhadas no peito, a prometer exílios obscuros e penitências desesperadas, mas, afinal, por alminha de quem ou de quê?

Este tipo de coisas não se costumava resolver com umas palmadas rijas nas costas, uma festa de despedida, se calhar com uns copitos a mais na dita festa, enfim, com os mais calorosos desejos de boa sorte, um bolo alusivo e, vá lá, uns presentinhos jeitosos, o pessoal quotizar-se para pagar uma "bailarina", ou assim?



De Manuel Leão a 4 de Janeiro de 2009 às 22:44
Qual a morada da nova paróquia?


Comentar post

pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO