Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008
Vive la France
Nunca vou deixar de me surpreender com o facto do dia mais importante para os franceses, o 14 juillet, ser o mesmo em que uma turba enraivecida esfaqueou o governador da Bastilha, tendo-o depois decepado à machadada e espetado a cabeça numa estaca, para passear por Paris. O maire teve idêntico destino, no mesmo dia. Uma lição de civilização. (Claro, o contexto político, histórico, revolucionário explica tudo. Claro que sim.) Num só dia, ganhou-se e perdeu-se a liberdade.

publicado por Ana Margarida Craveiro
link do poste
Categorias:

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO