Sexta-feira, 18 de Abril de 2008
Dr. House
“O país está a ir por um caminho perigoso e necessita de um PSD que não tenha que pedir um favor para existir. Sendo político, também sou médico, que jurou lutar pela vida e esta forma de agir não tem nada a ver comigo. Eu nunca matei pelas costas”, disse o ainda líder do PSD, em reacção aos ataques internos de quem sido alvo nos últimos dias.

Público

publicado por Paulo Pinto Mascarenhas
link do poste | comentar

pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO