Sexta-feira, 22 de Agosto de 2008
Ó Vicente, seja decente
 
O principal culpado do estúpido clima gerado, quem de facto devia ter abandonado a comitiva, em vez de um simpático e bem disposto bode expiatório, não devia ser quem prometeu dez medalhas, mais de mil pontos?
 
Demitir-se era pouco. Já o voltar com a palavra atrás logo que uma medalha de ouro faz das bestas bestiais, merece uma medalha de lata, muita lata.
 
_________________

Arcebispo de Cantuária



publicado por joao moreira de sá
link do poste | comentar
Categorias:

Comentários:
De Mastoideu a 22 de Agosto de 2008 às 10:11
(Peço desculpa por o comentário ser mal-humorado).

E o que é de espantar é que se trata de um sujeito com a cabeça toda branca, que está onde está há uns 30 anos, e não se um jovem atleta meio «verde» que tem um desabafo a quente depois de uma prova lhe ter corrido mal.

Ó Vicente, desaparece!


De Errata a 22 de Agosto de 2008 às 10:11
... e não de...


De Manuel Leão a 22 de Agosto de 2008 às 12:59
Eu preferia dizer como o José Viana disse, há muitos anos, numa opereta:

- Ó Vicente, explica tu!


De joao moreira de sá a 23 de Agosto de 2008 às 07:54
Curioso, a minha mãe sempre usou essa expressão sem que eu saiba muito bem de onde vem. Tinha a ideia de ser de programa televisivo. Essa opereta terá sido popularizada em televisão?
Já agora, esclareça-me lá esta duvida com anos (a culpa de se ter avivado foi sua :)


Comentar post

pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO