Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008
Dois tristes tigres
tigres.jpg

Ninguém me conseguirá convencer de que não existe uma qualquer misteriosa relação entre os dois tigres que escaparam esta manhã das jaulas do Circo Chen à entrada da Azambuza e os dois ministros afastados ontem na remodelação. A saída dos ministros provocou menos problemas ao país do que os dois tigres na Estrada Nacional 3. Como uma vez mais se percebeu, o poder é sempre relativo, ainda que a maioria seja absoluta. E essa deve ser uma boa lição para os restantes membros do Governo, a começar por José Sócrates. Apesar das arrogâncias, Correia de Campos e Isabel Pires de Lima eram pouco mais do que dois tigres de papel.

publicado por Paulo Pinto Mascarenhas
link do poste
Categorias:

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




pub
pesquisar
 
linques
blogs SAPO