Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

blogue atlântico

blogue atlântico

29
Fev08

A solução

Ana Margarida Craveiro
Hoje sinto-me particularmente optimista. Este país afinal tem solução: andava eu angustiada com tanto défice público e situações de injustiça, quando vi a luz - arrendemos o território.

Ora bem: dado que a nossa posição geográfica não nos é propriamente vantajosa no que a pipelines diz respeito, convém tirar algum proveito destes nossos 900 km de costa. Toda a gente sabe que a droga que entra na Europa passa grandemente por aqui (daí as nossas grandes apreensões de droga: falhar em tanto milhar de tonelada é capaz de ser mau demais). Vai daí, legalizemos o produto, abrindo a porta a uma imensidão de euros em impostos de alfândega. Quais quadros comunitários, quais quê: o futuro deste país está é na coca. Bring it on!
14
Ago07

Dona Banca

joao moreira de sá
Às vezes questiono-me se os gurus da economia não vêem aquilo que o cidadão comum vê: que com os juros a continuarem a subir, tornando-se impossível pagar a prestação, não resta outra solução senão não a pagar? Depois dá no que deu, bancos sem dinheiro.

Agora o BCE faz marcha-atrás e já não vai subir os juros em Setembro. Pois é, mas por cá o cartel legal bancário já os subiu por antecipação. Agora como é, devolvem?
08
Ago07

Tragi-comédia

joao moreira de sá
Este é do meu belogue "sério" mas decidi puxá-lo para aqui porque de certa forma, a mim, dá-me vontade de rir (porque chorar não serve para nada)

Opinião #32

A impunidade com que os Bancos ROUBAM os portugueses deixa-me entre o perplexo e revoltado.

Em Agosto subiram as taxas de juro do crédito à habitação, porque o fazem mesmo que o Banco Central Europeu se reúna para decidir não alterar a taxa de juro ou, como tentam fazer querer, por antecipação a uma "anunciada" subida que ocorrerá em Outubro.

O problema é que não só esta atitude já deveria ser ilegal, porque denota um claro cartelismo, como, o pior, se em Outubro a taxa de juro do Banco Central Europeu de facto subir, os Bancos voltarão a subi-las, o que faz com que, repetidamente, por cada subida de 0,25% acabemos por sofrer uma subida de 0,50%.

Talvez que acabar com as barracas em Portugal não tenha sido boa ideia. Ainda vão fazer muita falta...
22
Mai07

Aquisição valiosa

Paulo Pinto Mascarenhas
Como devem ter verificado, depois de uma violenta cisão com O Insurgente, decorrente da nossa política agressiva de aquisições, uma prática natural de quem defende o neoliberalismo selvagem, o polivalente e empreendedor Rui Carmo faz parte agora do nosso quadro de colaboradores. Escreve também na próxima edição impressa da Atlântico, dia 31 nas bancas.

Bem-vindo, caro Rui.

Links

Outros Mares

Outras Ondas

Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2008
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2007
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D